Selecione seu idioma

Os 10 vulcões mais perigosos do mundo
Multidestino

Os 10 vulcões mais perigosos do mundo

O planeta Terra está repleto de aberturas na sua crosta terrestre que estão conectadas a uma câmara de magma. Se você não sabe quais são os vulcões mais perigosos do mundo, nós da Civitatis iremos lhe contar! Você sabia que convivemos com mais de 1.500 em estado ativo?   

Se você quer descobrir quais são os acidentes geográficos mais imponentes e extraordinários do mundo, não deixe de ler este post. Vamos lá!

1. Eyjafjallajökull, o vulcão islandês

Explosão magmática do vulcão islandês Eyjafjallajökull
Magma do vulcão Eyjafjallajökull.

O vulcão Eyjafjallajökull é um titã de mais de 1.600 metros de altitude que está situado em uma geleira e, o mais incrível, está em atividade há 8.000 anos! O vulcão entrou em erupção várias vezes ao longo dos séculos e destaca-se a de 2010, cuja nuvem de cinzas vulcânicas que durou vários dias causou o cancelamento de vários voos na Europa. Se você quer conhecer essa grande montanha, recomendamos realizar uma rota pela costa sul da Islândia.

2. O mitológico Popocatépetl

Emisiones de gases del estratovolcán Popocatépetl.
Ladeiras nevadas do Popocatépetl

Entre Puebla e Cidade do México fica o vulcão Popocatépetl, uma montanha colossal de 5.400 metros que entrou em erupção em 2019. Reza a lenda que nesse lugar eram praticados rituais pré-hispânicos para fins diferentes.

Se você quer conhecer as suas histórias e aprender mais sobre os rituais e lendas relacionadas com o vulcão, não perca a trilha pelo Parque Nacional Izta-Popo Zoquiapan.

3. A princesa Iztaccíhuatl

Montanha do Iztaccíhuatl coberta de neve
A montanha Iztaccíhuatl, no Parque Nacional Izta-Popo Zoquiapan

Outro dos vulcões mais perigosos do mundo fica no Parque Nacional Izta-Popo Zoquiapan: o Iztaccíhuatl. De acordo com a lenda, os dois gigantes que coroam essa incrível paisagem natural representam dois amantes indígenas que tiveram uma história de amor trágica. Você quer vê-lo bem de perto? Se você está em Puebla ou Cholula, esta trilha é perfeita para desfrutar de vistas incríveis dos vulcões. 

4. Monte Vesúvio, o vulcão mais perigoso do mundo

Ruínas da cidade de Pompeia com Vesúvio ao fundo
Vestígios de Pompeia e o Vesúvio ao fundo

O Monte Vesúvio é a zona vulcânica mais povoada do mundo inteiro, apesar das várias erupções da sua famosa cratera. Esse lugar é conhecido pelo infame evento de 79 d.C., a história do sepultamento da cidade de Pompeia e parte de Herculano. Você sabia que os gregos e os romanos acreditavam que esse era um lugar sagrado dedicado a Hércules? Se você é um apaixonado pela história da Itália e quer saber mais sobre esse evento histórico, além de ver os vestígios soterrados pelo magma de um dos vulcões mais perigosos do mundo, não hesite em fazer uma trilha pelo Vesúvio e seus arredores

5. Antiga ilha Sakurajima

Vulcão expulsando gases pela sua cratera
Expulsão de gases do estratovulcão Sakurajima.

O estratovulcão Sakurajima é um gigante japonês que, devido a uma grande explosão no começo do século XIX, passou de ser uma ilha para fazer parte da península de Ōsumi. É um lugar muito turístico no Japão e, graças ao seu solo tão fértil, é o lugar onde crescem os rabanetes chineses mais grossos do mundo. Além do mais, esse lugar serviu de inspiração para filmes como The Wrath of the Gods.

6. Vulcão Taal, entre lagos e ilhas

Ilha dentro da cratera do vulcão Taal
O Vulcan Point do vulcão Taal

Em pleno lago Taal das Filipinas fica o vulcão homônimo. Dentro da sua cratera existe outro lago e, dentro desse lago, uma ilha chamada Vulcan Point. Incrível, verdade? Desde o século XVI foram registradas 33 erupções repletas de sulfetos, por isso não é nenhuma surpresa que o vulcão Taal seja considerado um dos mais perigosos do mundo. Os cientistas monitoram o seu estado constantemente com o objetivo de evitar desastres naturais. Se você está em Manila de férias, não perca a oportunidade de contemplar essa assombrosa formação geográfica com uma excursão a Tagaytay Ridge.

7. Monte Fuji, símbolo do Japão

Campos de chá sob o Monte Fuji
Campos de chá e o Monte Fuji no fundo

O monte Fuji é o pico mais alto do país e um dos seus símbolos mais famosos. Milhares de alpinistas de todas as partes do mundo visitam esse lugar todos os anos para escalar até o topo do gigante de 3.776 acima do nível do mar. A sua importância é tamanha que o pintor Hokusai criou uma séria chamada 36 vistas do monte Fuji. Ficou interessado? Com esta excursão saindo de Tóquio, além de visitar o monte Fuji, você conhecerá o belo lago Ashi.

8. O Etna “acordou”

Lengua de lava deslizándose por la ladera del Etna.
Riacho de magma do vulcão Etna

A circunferência basal do vulcão é de 140 quilômetros e é a montanha italiana mais alta do sul dos Alpes. As suas características são tão impressionantes que em 2013 foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. É um dos montes mais atrativos do mundo e está rodeado por terras de solo fértil repletas de vinhedos e plantações. Se você está pensando em visitar a cidade histórica de Taormina, não perca a oportunidade de fazer um tour pelo Etna. Você irá adorar!

9. Paricutín, nove anos de atividade

Fumaça na cratera do vulcão Paricutín
Fumaça saindo da cratera do Paricutín

Na lista de vulcões mais perigosos do mundo, não poderia faltar o Paricutín, uma grande montanha do México. Em 1943, um habitante sentiu a terra tremer e avisou o restante de moradores do povoado para que todos pudessem escapar. A forte explosão de gases enterrou para sempre Paricutín e San Juan Paragaricutiro. Você sabe durante quanto tempo esse vulcão permaneceu ativo? 9 anos, 11 dias e 10 horas. Assustador!

10. O Teide, a joia das Ilhas Canárias

Cores avermelhadas da montanha do Teide
Parque Nacional do Teide com seu vulcão

A montanha vulcânica do Teide torna a ilha de Tenerife a 10ª mais alta do mundo inteiro. Apesar de que a sua última erupção tenha sido em 1789, existem muitas fumarolas ao longo da formação que ainda emitem gases. Uma das plantas mais características que florescem no solo desse estratovulcão é a violeta do Teide, uma bela flor endêmica das Canárias.

Você conhece os guanches? De acordo com as lendas dos povos nativos das Canárias, essa cratera era a entrada do inferno! Se você está em Tenerife e gosta de aventuras desafiantes, faça o tour de quadriciclo saindo do sul da ilha até o vulcão. Adrenalina pura!

Mais em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *